Tratamentos > SpeechEasy
Autora: Sandra Merlo (fonoaudióloga)
Revisores: Ignês Maia Ribeiro (fonoaudióloga) e Grupo Microsom

 /

 

O Instituto Brasileiro de Fluência costuma receber diversos emails com dúvidas sobre o aparelho SpeechEasy. Esperamos que as respostas abaixo possam esclarecer o público.

  1. O que é o SpeechEasy?
    Visualmente ele é semelhante a um aparelho auditivo, pois é utilizado na orelha, mas não é destinado a pessoas com perda de audição e, sim, a pessoas com gagueira.

  2. Como funciona o SpeechEasy?
    Muitas pessoas que gaguejam referem que são fluentes quando falam ou leem simultaneamente com outras pessoas. O SpeechEasy procura simular exatamente esta situação. Com o aparelho, a pessoa vai ouvir sua própria voz com outro tom (mais fino ou mais grosso) e com um leve atraso. Isso faz com que o cérebro pense que a pessoa está falando em uníssono com outra.

  3. Por que a gagueira melhora com a fala simultânea (em uníssono)?
    O cérebro tem duas maneiras de controlar a fala: com um circuito de fala automática e com outro circuito de fala não-automática. A gagueira é um problema com o circuito de fala automática, quando a expressão verbal ocorre de forma espontânea. A fluência da fala ou da leitura simultânea deriva da ativação do circuito de fala não-automática do cérebro. O efeito do SpeechEasy é creditado à ativação deste sistema de fala não-automática do cérebro.

  4. A gagueira melhora com o uso do SpeechEasy porque a pessoa se sente mais segura para falar?
    A gagueira não é causada por fatores emocionais, embora as emoções possam contribuir para piorar ou melhorar o problema de fala. A gagueira é causada por herança genética ou lesão cerebral. Essas predisposições alteram a maneira como o cérebro processa a fala espontânea. O SpeechEasy faz com que o processamento cerebral da fala não seja mais tão espontâneo e, sim, mais consciente e menos automatizado (porque o usuário precisa prestar atenção à voz gerada pelo aparelho). A segurança para falar é consequência da melhora da fluência com o uso do aparelho e não o contrário.

  5. É só colocar o SpeechEasy e sair falando?
    Não, é necessário que o usuário preste atenção na voz com frequência e tempo alterados. É o prestar atenção que vai ativar o sistema de fala não-automática do cérebro e que propiciará a melhora da fluência.

  6. É necessário usar o SpeechEasy nas duas orelhas?
    Não, o aparelho é utilizado em apenas uma das orelhas.

  7. O SpeechEasy é igual àqueles aparelhos auditivos grandes?
    Existem três modelos de SpeechEasy. O modelo retroauricular é como aquele aparelho auditivo grande, que fica atrás da orelha. Este é o modelo mais visível, mas é muito confortável. O modelo canal é bem menor, mas pode ser visto caso se preste atenção. O modelo microcanal é muito pequeno e praticamente não pode ser visto. No Brasil, é comercializado apenas o modelo microcanal. Veja como ficam os modelos na orelha.

  8. A melhora da gagueira ocorre apenas quando o SpeechEasy é utilizado ou depois de retirado também?
    O SpeechEasy é como óculos: seus benefícios ocorrem enquanto é utilizado. Entretanto, algumas pessoas referem melhora na fala por algumas horas depois que retiraram o aparelho, mas isso não ocorre com todos.

  9. O SpeechEasy cura a gagueira?
    Não, o SpeechEasy é uma opção de tratamento que auxilia na redução da gagueira e que promove o bem-estar e a melhor qualidade de vida ao usuário.

  10. O SpeechEasy funciona para todas as pessoas que gaguejam?
    Não, o SpeechEasy funciona para boa parte das pessoas com gagueira, mas não para todas. Um estudo científico sugeriu que o SpeechEasy funciona para pessoas que apresentam assimetria do plano temporal esquerdo em relação ao direito, ou seja, quando uma determinada região do lobo temporal esquerdo do cérebro é maior do que sua homóloga no lado direito. Na prática, não se faz exame de neuroimagem para medir o plano temporal esquerdo e direito. O que se faz é o teste do aparelho. Se ocorrer melhora significativa da gagueira, considera-se que o aparelho é efetivo.

  11. Qualquer pessoa com gagueira pode usar o SpeechEasy?
    Não, o SpeechEasy é recomendado para pessoas acima de 10 anos e sem perda auditiva na orelha em que o aparelho será utilizado.

  12. É possível testar o SpeechEasy no dia-a-dia antes de comprá-lo?
    Sim, é possível testar o aparelho durante a consulta que é feita para adquirir o aparelho. Além disso, é garantida, por contrato, a devolução do aparelho em até 60 dias após a compra do mesmo, com reembolso de 80% do valor total do aparelho, caso o paciente não tenha a adaptação esperada. Na prática, funciona como um empréstimo do SpeechEasy por até 60 dias, para testá-lo amplamente no dia-a-dia, onde é cobrado aluguel do aparelho pelo tempo de uso.

  13. Vale a pena comprar o SpeechEasy?
    Se a gagueira interfere significativamente na qualidade de vida e se a melhora obtida com o aparelho for significativa, pode valer muito a pena, sim. Se a gagueira não interferir negativamente na vida da pessoa ou se a melhora obtida com o aparelho for pequena, talvez não valha. Esta é uma decisão individual.

  14. Como eu faço para comprar um SpeechEasy?
    Procure um fonoaudiólogo especializado em gagueira que faça o teste e a adaptação do aparelho. No site da empresa Microsom, é possível encontrar os profissionais cadastrados.

  15. Quanto custa o SpeechEasy?
    Atualmente, o valor do aparelho é de R$ 9.900,00. Este valor pode ser parcelado em 10 vezes diretamente com a Microsom ou em 24 vezes através de financiamento bancário.

  16. Por que o SpeechEasy é tão caro?
    Existem diversos fatores que contribuem para o alto preço do aparelho. Primeiro, a tecnologia, porque ele utiliza um microchip. Segundo, os impostos referentes à importação do aparelho, que é fabricado nos Estados Unidos.

  17. O SUS distribui o SpeechEasy?
    Ainda não, mas a empresa Microsom está em contato com o Ministério da Saúde para que o aparelho seja disponibilizado pelo SUS.

  18. O SpeechEasy é aprovado pelo órgão responsável no Ministério da Saúde?
    Sim, ele é devidamente registrado pela ANVISA.

 

 Vídeo institucional da Microsom que apresenta dois adultos com gagueira usando o SpeechEasy.




   
Voltar

"Instituto Brasileiro de Fluência - IBF" 
Rua Urussuí, 71, 11º andar, cj. 112, Itaim Bibi, São Paulo, SP, 04542-050.
SpeechEasy - Tratamentos - Instituto Brasileiro de Fluência - IBF. Gagueira levada a sério