Atualidades > Anúncios de curas milagrosas para a gagueira

O Google é a empresa que oferece as melhores opções de busca na Internet. A qualidade dos resultados é o maior diferencial do seu sistema de busca. Assim, o Google é uma organização muito influente em todo o mundo. Os conteúdos e os anúncios veiculados influenciam a tomada de decisões de muitas pessoas a respeito dos mais variados temas. Desta maneira, na medida em que o Google concorda em veicular anúncios inverídicos sobre algum tema, também se torna responsável por eventuais decisões equivocadas dos leitores de tais anúncios.

Em sua política de publicidade, o Google proíbe mensagens de curas milagrosas em sites e em anúncios. Por exemplo: Cure o câncer da noite para o dia! (fonte).

Geralmente não são vistos anúncios que afirmam a cura milagrosa de doenças como AIDS, câncer, artrite, psoríase, fibromialgia, fibrose cística, esclerose múltipla, esquizofrenia e outras. São doenças para as quais não há cura conhecida.

Entretanto, há anúncios de curas milagrosas para gagueira. Isso promove falsas esperanças para as pessoas que gaguejam e perpetua a falsa impressão entre as pessoas que não gaguejam de que a gagueira não é uma condição séria de saúde e que pode ser curada facilmente. Entretanto, até onde se sabe, as alterações na fluência da fala provocadas pela gagueira são causadas por alterações neurológicas. A gagueira pode, sim, tornar-se uma dificuldade de comunicação bastante grave.

Profissionais que prometem curas milagrosas para a gagueira podem fazê-lo por diversas razões. Abaixo, elencamos algumas:

  • Alguns prometem curas milagrosas por ingenuidade, por não terem conhecimentos sobre gagueira.
  • Alguns cultivam sua própria imagem, divulgando-se como sabedores dos segredos da cura e assegurando aos outros (e a si mesmos) sua infalibilidade.
  • Outros profissionais vislumbram boas oportunidades financeiras.

A atitude pode ser a mesma, mas a motivação subjacente é diferente.

Assim sendo, o Instituto Brasileiro de Fluência (IBF) associa-se à British Stammering Association e à Stuttering Foundation of America na solicitação de que o Google inclua a gagueira na política contra a publicidade de curas milagrosas, retirando do ar sites e anúncios que afirmem curar a gagueira. Este seria mais um passo para a disseminação de informações adequadas às pessoas que gaguejam e suas famílias, que são os maiores prejudicados por tais sites e anúncios.

No vídeo abaixo, o vice-presidente da British Stammering Association, Leys Geddes, faz uma análise sobre anúncios que prometem cura milagrosa para a gagueira.

IMPORTANTE: dizer que a gagueira não tem cura, não é o mesmo que dizer que a gagueira não pode ser melhorada. Atualmente, existem tratamentos especializados para a gagueira, os quais, comprovadamente, propiciam a melhora da fluência das pessoas que gaguejam. Para saber mais sobre os tratamentos para gagueira, visite a página de Tratamentos do site do IBF.


Por outro lado, as pessoas com gagueira também podem refletir sobre os motivos que as levam a acreditar em promessas de curas milagrosas. Abaixo, elencamos alguns motivos possíveis:

  • Por comodidade.
    Quem não gostaria de se ver livre da gagueira da noite para o dia? A cura milagrosa tem a característica de ser muito cômoda. Um tratamento (fonoaudiológico, medicamentoso, psicológico), por outro lado, dá trabalho. A pessoa precisa se engajar. Muitas pessoas que gaguejam não têm a noção de que um processo terapêutico é um processo de aprendizagem e não apenas uma técnica ou um medicamento que podem ser receitados via e-mail.
  • Por desinformação.
    Apesar de atualmente haver maior acesso à informação, o grau de desinformação a respeito da gagueira ainda é imenso. Muitas pessoas não têm nenhuma informação sobre as características genéticas, neurológicas, linguísticas, psicológicas e sociais da gagueira. Sem um mínimo de conhecimento, não é possível ter idéia de como a gagueira pode ser complexa. Como algo tão complexo poderia sumir em um passe de mágica?
  • Por desespero.
    O sofrimento cega. Pessoas muito inteligentes podem tomar decisões muito equivocadas quando estão imersas em um grande sofrimento.

As pessoas que gaguejam e suas famílias precisam ter consciência de que são os agentes de suas escolhas (mesmo que movidas por desinformação ou desespero).


   
Voltar

"Instituto Brasileiro de Fluência - IBF" 
Rua Urussuí, 71, 11º andar, cj. 112, Itaim Bibi, São Paulo, SP, 04542-050.
Anúncios de curas milagrosas para a gagueira - Atualidades - Instituto Brasileiro de Fluência - IBF. Gagueira levada a sério